A DENTISTA



Gostaria de agradecer à Dra. Maria Luiza pelo excelente profissionalismo. 
Fiz um tratamento estético com clareamento dental e limpeza, 
e ainda, a troca de uma coroa de porcelana. 
Estou totalmente satisfeito com o ótimo trabalho realizado, além de estar com um belo sorriso agora, essencial para o exercício da minha profissão.
Richard Fernando da Silva  -  Juiz Criminal e Professor U
niversitário.



Tive a oportunidade te conhecer o trabalho da Dra Maria Luiza através de minha cunhada. 
Fiquei surpreso com a qualificação e a facilidade dela de apresentar na teoria o que será feito na prática em meu tratamento. 
Além da Dra Maria Luiza ser uma excelente profissional, ela é muito educada e gentil com as pessoas. 
Fiquei muito satisfeito com a qualidade dos produtos e serviços executados em meu sorriso. 
Profissional como a Dra Maria Luiza está muito difícil de achar no mercado. Parabéns doutora! 
Em breve eu e minha família estaremos aí para uma consulta de rotina. 
Obrigado pelo atenção e profissionalismo.
Edmar Barbosa de Aguiar  -  ADM Logística.


Por morar no exterior, eu precisava de um(a) dentista que pudesse me oferecer, num curto tempo, um tratamento dentário com planejamento e competência. Por sorte, a Dra Maria Luiza foi indicada por uns dos meus amigos em Belo Horizonte que já tinha tratado com ela. 
A Dra Maria Luiza respondeu as minhas expectativas mostrando profissionalismo e, acima de tudo, ela me tratou com respeito explicando todos os procedimentos que seriam feitos antes do tratamento e durante o tratamento me deixando mais confortável. 
O consultório é agradável, confortável  e aconchegante. 
Uma outra vantagem de se tratar com ela é que ela está sempre  se atualizando na profissão. 
E afinal, quem não quer ser convidada a entrar em um consultório com um sorriso? 
Pois é, ela lhe convida a entrar no consultório dela sempre com um belo sorriso no rosto.
Rogeria Christmas - Artista Plástica. 


Maria Luiza,
Quero te agradecer por ser minha amiga e também por ser minha dentista, sempre te tive como amiga e o privilégio de ser sua vizinha, são 20 anos de vizinhança.
Você faz parte de nossas vidas, sempre muito cuidadosa, meiga, simples como eu,apenas com seu jeitinho muito educado, conquista facilmente todo ser humano!
Te admiro por ser essa pessoa amável e de um caráter fascinante sem igual.
Uma dentista e além de tudo mãe de família e dona de casa, cuida da sua mãezinha muito bem, sempre cuidou, acho isso o máximo, pois você está de parabéns por construir essa família linda!
Sei que posso contar com você quando mais precisar!
Que o Espírito Santo derrame sobre você e sua família bênçãos, que Ele dê mais ainda sabedoria para continuar os seus caminhos e a generosidade para seguir sua vida! Sua missão!
Um grande abraço de sua amiga de hoje e sempre!
Elizabeth da Cunha Carvalho  - Dona de casa.

Hoje vivi um marco histórico em minha saúde bucal. Há tempos buscava fazer tratamento odontológico com um(a) profissional que transmitisse a segurança e confiança que eu precisava. Quem nasceu e cresceu em comunidades pobres, pode ter sofrido como eu as dores causadas por uma política pobre para os pobres. Na favela da Rocinha em minha época, não foi diferente. Cresci com a ideia muitas vezes repetidas de que em mim a anestesia não pegava e era sempre a minha culpa. O resultado de vários processos insatisfatórios e da memória de muitos momentos de aflição e dor, foi uma pessoa cética quanto a idoneidade dos profissionais desta área. O lado bom de tudo isso foi ter hoje a possibilidade de deitar em uma cadeira com movimentos massageadores, procedimentos menos invasivos, horário exclusivo e ainda uma profissional com 25 anos de experiência, sorriso cativante, competência e escuta atenta. Anestesiou com mãos de fada. Maria Luiza Pereira. Recomendo!
Vitória Régia Izaú    -  Professora_PUC.

Sou paciente há 20 anos. Tinha muito medo de dentista e além dela trabalhar este medo em mim, a qualidade de seu trabalho é incrível, sendo elogiada por outros profissionais. Moro em outra cidade há 04 anos, mas não quero perdê-la como minha dentista.
Anônima  -    postado no site Doctoralia

Encontrei na internet o blog da doutora Maria Luiza , e venho agradecer pelo tratamento realizado,fiz minha avaliação, conversamos bastante e o tratamento foi rapidamente realizado, uma profissional excelente, que procura fazer seu trabalho com competência e humanidade , coisa rara nos dias de hoje , tenho outro tratamento pra fazer e espero q em breve seja realizado.
Doutora muito obrigada por tudo, encontrei uma dentista pra vida toda , e recomendo a todos
Michelle dos Santos Pereira - Dona de casa.



Sou paciente da Dra. Maria Luiza a 7 anos, desde o primeiro contato fiquei encantada,  com a  forma de tratar os clientes, com a qualidade do serviço, com a pontualidade, com a transparência nas informações e principalmente no pós-tratamento, onde ela sempre acompanha para se certificar que estamos bem. Recomendo a todos. 
Edinamara M.Martins   -  Professora.   


Falar de Maria Luiza é muito fácil. Há mais ou menos 8 anos ( sei que é porque ela tem tudo anotado kkkkk)  eu iniciei contato com ela , e desde então, me sinto tranqüila.
Ela,  além de uma profissional para lá de eficiente, é uma amiga que inspira confiança , tranqüilidade e está sempre alegre.  Se chegamos tristes no consultório não temos como não sorrir diante da alegria contagiante que ela nos recebe. Se você está com um problema na boca, pode saber que ela vai te dar socorro mesmo não tendo um tempo em sua agenda, ela encontra. E se for outro que não tem a ver com a odontologia, ela te escuta e tenta te orientar como proceder.... e não esquece de perguntar se foi solucionado.
Maria Luiza  você é um exemplo para mim e tenho certeza que para sua família também. Te admiro muito. 
Nunca mude e seja sempre você original.     
Que Deus te abençoe e ilumine sempre.
M. Conceição Aguiar  - Corretora de seguros (aposentada).

Ponte Fixa ou Implante?! Entenda!

video


Pensa numa solução didática, baratíssima e brilhante para explicar a seus pacientes as opções de tratamento reabilitador após perda de um elemento dentário. 

#selfieodonto







#selfieodonto#clareamentoalaser 
#sorrisoperfeito #odontologiaestetica 
#whiteteeth

REABILITAÇÃO ORAL

Caso clínico concluído com êxito!
Tratamento de reabilitação oral.

 
 Sorrisos restaurados, nosso lema!

Facetas Estéticas

Caso clínico concluído!
Muito feliz!
A paciente muito mais!

Foram 14 facetas, sendo 6 superiores e 8 inferiores.
Já tinha mostrado o sorriso dela AQUI, só com as facetas superiores.
Trabalho em equipe c/ Graziela Rodrigues, 

minha TPD (técnica em prótese dental).
Obrigada Grazi pelo profissionalismo e competência!

Isso é que me faz amar ser dentista e 
continuar em frente!
Vencendo desafios!
Fazendo pessoas mais felizes com lindos sorrisos!!!




MÊS DOS NAMORADOS

Em junho, homenagem aos apaixonados!
"SORRIA COM SEU AMOR"


Venham fazer sua Limpeza + Clareamento a Laser!

Oportunidade especial!


GARANTA JÁ O SEU HORÁRIO \o/

Mais informações: (31) 34916166

Av. Dr Cristiano Guimarães 2005 sl 03 Planalto BH

Porque amar é sorrir juntos!



Câmera Digital Intra Oral

Uma das novidades na área da odontologia, como procedimento, preventivo chama-se Check up Digital Preventivo.

Os pacientes, durante a consulta de avaliação clínica, precisam visualizar seus dentes para entender a necessidade dos procedimentos odontológicos, indicados pelo dentista, para promoção de sua saúde bucal.

Adeus ao velho espelhinho!!!



Imagens obtidas através da Câmera Digital Intra Oral:
Cárie incipiente (inicial) 

Incisivos com tártaro

Incisivos depois da limpeza

Imagens obtidas no monitor, 60 vezes o tamanho do dente natural, visualizadas pelo paciente durante a consulta de avaliação.


Aprovadíssimo!!!

Clareamento a Laser e Manutenção


Que sorriso lindo!!
Sorriso que inspira alegria, saúde e sucesso!
A paciente, dona desse sorriso, é muito linda e merecedora de tanta beleza!
Muito vaidosa, super se cuida.

Fizemos o clareamento a laser ( técnica combinada, laser e caseiro) tem 2 anos e a paciente me procurou para a manutenção, pois o "reescurecimento" dos dentes é natural.
Tenho que controlar seu retorno, gosto de brincar que ela é o "Michael Jackson dos dentes".
Nada de exageros!!
Fazemos de 6/6 meses.
Sorriso claríssimo, sem perder a naturalidade! 

Check Up Preventivo Digital

Conforto, segurança e rapidez no atendimento.

Caso clínico:
Paciente, na consulta de avaliação, queixa sensibilidade (com alimentos e bebidas geladas e doces) no quadrante inferior direito, sem conseguir distinguir o dente.
No exame clínico, aparentemente, nada de "anormal".

Fizemos fotos intraorais e um RX digital.

Diagnóstico fechado:
48 (terceiro molar inferior direito) com extensa lesão cariosa interproximal (entre os dentes) com probabilidade de comprometimento pulpar (canal).

Depois de anestesiado,foi realizada a abertura do dente, remoção da lesão cariosa, confecção de provisória acrílica.
Paciente passará, os próximos dias, sem sensibilidade ou dor.

Tudo em menos de 1 (uma) hora!! 






EXTRAÇÃO DOS SISOS


Vamos conhecer um pouco sobre os sisos:

Eles  são popularmente conhecidos como dentes do juízo, por nascerem por volta dos 17 a 20 anos de idade, e são os últimos dentes a nascer. Tecnicamente são chamados  pelos dentistas de terceiros molares. No total, podemos ter quatro dentes do siso: dois superiores e dois inferiores, tanto do lado direito como do lado esquerdo. Mas há casos em que a pessoa nasce sem o “germe dental”, isto é, sem a sementinha de um ou mais dentes do siso.

Não muito raro, o dente não consegue erupcionar (“nascer”), ficando preso dentro do osso por falta de espaço na arcada ou por estar totalmente na posição horizontal. Nesses casos dizemos que se trata de um  dente do siso incluso. Quando este dente permanece dentro do osso,  pode produzir reabsorções de dentes vizinhos, dores e, em alguns casos, a formação de cistos.
Há outra situação onde os dentes erupcionam parcialmente e são chamados de dentes semi-inclusos. Ficam mal posicionados na arcada, provocando  apinhamentos dos outros  dentes e dificuldade de higienização, o que leva ao aparecimento de um tipo de inflamação gengival conhecida por pericoronarite. Isso gera muita dor para o paciente, além de inchaço e irritação local. Em casos mais agudos, a dor pode irradiar, causando dores faciais, no ouvido, garganta e até dores de cabeça.

Muitas vezes, por darem origem a quadros dolorosos, as pessoas já pensam em extrair os sisos, mesmo quando são dentes íntegros, bem posicionados e sadios.Mas a  extração só é  indicada quando os dentes estão inclusos ou semi- inclusos, não desenvolvendo a sua função de mastigação, além de dificultarem a higienização.


No Consultório as cirurgias são executadas pelo Dr Gustavo Brant, Cirurgião Dentista, que atua nessa área com muita segurança e habilidade.


Casos clínicos:

Radiografia panorâmica  para analizarmos os sisos.
Nesse caso foram extraídos os 4 (quatro) sisos em uma única consulta.


Caso em que foram extraídos os 2 (dois) sisos inferiores.

Endodontia_Instrumentação Rotatória

Endodontia é o tratamento odontológico dos canais radiculares.
A endodontia com instrumentação rotatória é a técnica atual, mais moderna.
Trata-se o canal em uma consulta e os resultados são excelentes!

Na nossa equipe, a endodontista é a Dra Cristina Tanaka.
Profissional capacitada e com muita experiência nessa técnica.


RX final, resultado bem sucedido da endodontia com instrumentação rotatória.



Segue um vídeo que considero bem didático:



Ortodontia, final feliz!

Final de tratamento ortodôntico!
Paciente feliz demais da conta!
Dra Andrea dos Reis Leal, ortodontista da equipe!
Promovendo lindos sorrisos!!




Fechamento de Diastema e Faceta Estética

Mais um caso de sucesso!! :)
Fechamento de Diastema e Faceta Estética.
TPD (protética)
Graziela Rodrigues.
Sorriso gengival será corrigido com aplicação de botox (próxima consulta!).

Mais novidades para os nossos pacientes!!



Checkup Digital Preventivo

Imagens obtidas em exame intraoral de paciente em Checkup Digital Preventivo, durante uma consulta de avaliação.

É muito importante poder mostrar aos pacientes suas necessidades de tratamento odontológico em vez de apenas falar, explicar ou mostrar fotos de casos parecidos.

Ver a imagem de seus dentes, 60 X maior, em um monitor faz uma enorme diferença no diagnóstico e no plano de tratamento.

APROVADO!

Pacientes estão adorando a novidade aqui no consultório! :)






Checkup Digital Preventivo

Uma  das novidades na área da odontologia, como procedimento, preventivo chama-se  Checkup Digital Preventivo.

O exame é feito, na consulta de avaliação, através de uma microcâmera capaz de aumentar em até 60 vezes o tamanho do dente natural. É um exame que vem para complementar a Radiografia Digital de toda boca. Associando-se estes 2 exames analisa-se cada dente interna e externamente.

Isso nos permite visualizar e diagnosticar problemas em seu estágio inicial o que possibilita a realização de microintervenções minimizando dor e stress.

Os dois exames associados demoram cerca de 1 hora para serem feitos, o resultado sai na seqüência e devem ser repetidos anualmente.

Agende sua consulta de avaliação e checkup digital preventivo!
(31) 34916166



Um sorriso vale mais que mil palavras!


Paciente, no final da primeira consulta odontológica, ao se ver no espelho, relata através de palavras e  muita emoção, que o seu novo sorriso a fará sorrir novamente!...

A satisfação do paciente é o que nos motiva, enquanto profissionais promotores da saúde, buscar sempre a excelência!!

PS Vídeo autorizado pela paciente a ser veiculado na mídia.




video

Fechamento de Diastema



Procedimento: Fechamento de diastema com Resina Fotopolimerizável

Tempo de duração: 1 consulta  ( 50 minutos)

Resultado: Muito além do que a paciente esperava!

Mononucleose...entendendo a doença do beijo no dia do beijo.


Também conhecida como a doença do beijo, a mononucleose costuma acometer os adolescentes, quando despertam para a vida sexual. Provoca febre, enfartamento dos gânglios do pescoço e das axilas, comprometimento do fígado e do baço, entre outros sintomas.
O vírus responsável pela doença é o Epstein-Barr, da família Herpesviridae, transmitido pela saliva contaminada num contato íntimo entre as pessoas, daí o nome doença do beijo.
O diagnóstico pode ser feito por um exame de sangue específico. Quando adultos fazem esse exame, a maioria fica sabendo que foi infectada pelo vírus e teve a doença no passado sem se dar conta de sua atividade, pois os sintomas foram confundidos com os de infecções banais comuns na infância e na adolescência. Em alguns casos, porém, os quadros são mais intensos e prolongados, a febre é alta e custa a desaparecer, o que assusta muito os pacientes e seus familiares.
O tratamento da mononucleose é fundamentalmente sintomático, visando ao alívio dos sintomas e a combater a febre e a dor de garganta. Além disso, o paciente deve permanecer em repouso e evitar situações que possam favorecer a ocorrência de um trauma abdominal.

Dr Dráuzio Varella

Mau Hálito

Quem sofre geralmente não percebe!
São muitos os fatores que geram a halitose e, em alguns casos, ela pode ser multifatorial, ou seja, causada por uma somatória de problemas. Diferente da crença popular, o mau hálito não tem relação com o estômago. Na maioria dos casos (90 a 95%), ele tem origem na boca, mas também pode ser causado por doenças metabólicas ou sistêmicas, ou, ainda, ser originado nas vias aéreas superiores.
Segundo a dentista Celi Vieira, especialista em periodontia pela Associação Paulista de Cirurgião Dentista, o mau hálito é sempre indicativo de alguma outra situação, que pode ser:

Fisiológica – a halitose matinal é um exemplo. Ela ocorre graças à estagnação da saliva de repouso no dorso lingual que acontece durante o sono, já que não movimentamos a boca. A saliva de repouso é aquela produzida sem nenhum estímulo e contém grande quantidade de proteína salivar. Esta proteína, por sua vez, facilita a ação das mais de seis bilhões de bactérias presentes na nossa boca, favorecendo a formação dos compostos de enxofre. “Os componentes do enxofre são considerados os vilões do mau hálito, pois são os maiores causadores de alteração no hálito e têm a capacidade mais agressiva de incomodar”, afirma a especialista.

Transitória – pode ser causada pela fome, ingestão de algum alimento de odor forte, dieta desequilibrada, cirurgia na região da boca, etc. Quando estamos há muito tempo sem comer, nosso organismo passa a queimar as reservas de gordura, o que provoca um cheiro desagradável. Ele, na verdade, é expelido pelo pulmão, e não pelo estômago, e não possui cheiro de enxofre como no caso visto acima. Segundo a periodontista, a melhor forma de tratar a halitose transitória é evitando que ela aconteça. “Se está com fome, o remédio é comer. Se a dieta está desequilibrada, tem de ser ajustada”, recomenda.

Patológica – neste caso, a halitose é um sinal de que há algo de errado no nosso corpo. Na maioria dos casos, está associada a alterações na produção salivar, que causam excesso ou falta de saliva na boca. É também frequentemente causada por inflamações na região bucal, como periodontites, gengivites, amidalite, rinites, sinusite, etc. Além disso, doenças sistêmicas, como o diabetes e a síndrome de Sjögren (doença autoimune que reduz a secreção das glândulas salivares e lacrimais), também podem causar o mau hálito.

O diabetes faz com que o paciente urine mais do que o normal, causando desidratação e, portanto, boca seca, o que origina o mau hálito. Mas a doença também pode causar a falsa halitose, ou halitose subclínica. Esta é uma condição em que a pessoa sente um gosto muito alterado na boca e o associa ao mau hálito, que, na verdade, não existe. “Esses pacientes chegam hoje em grande quantidade nos consultórios e mutilam suas vidas no quesito social, sentimental e profissional, porque acham que o mau hálito é constante e extremamente forte, mas ele realmente não é detectado”, explica Celi. O distúrbio, portanto, apresenta as mesmas consequências que a halitose real. Ele geralmente é provocado pela assialia, que é a ausência total de saliva (muito comum no diabetes), ou mesmo por medicações que causam um gosto ruim na boca. Neste caso, o paciente deve procurar um especialista apto a tratar o problema – em geral, o dentista.


Como identificar e tratar a halitose?

A melhor forma de identificar é através do olfato humano. O problema é que a pessoa que sofre de halitose geralmente não sente o mau cheiro. Isso acontece porque, após cerca de um segundo expostas a determinado odor, as células olfativas se adaptam a ele, o que é conhecido como fadiga olfatória. Por isso, os especialistas aconselham que a pessoa que desconfia que tem mau hálito pergunte a alguém de confiança. A Associação Brasileira de Halitose disponibiliza em seu site um serviço de envio de mensagem anônima para quem deseja alertar um conhecido sobre o problema, mas não gostaria de dizer pessoalmente.

Uma vez identificada a halitose, ou mesmo se há apenas suspeitas, a orientação é procurar um profissional especializado em periodontia que consiga identificar a causa do problema. Tenha cuidado com os tratamentos que envolvam apenas a limpeza ou raspagem da língua, pois isso não irá solucionar o problema. “O maior nicho de formação de compostos de enxofre é o dorso lingual, mas ele só promove essa produção se houver outras alterações no organismo. Muitos profissionais resumem o tratamento à limpeza de língua, o que é um grande risco. Ao decorrer dos anos, o uso indiscriminado dos raspadores e mesmo da escovação da língua agride as papilas linguais e acabam formando nichos que agregam bactérias, ou seja, fazem o trabalho justamente oposto”, alerta a especialista. “Limpar a língua é importante apenas quando a qualidade bucal ainda não foi equilibrada. Depois que o tratamento acaba, a própria lavagem fisiológica da saliva já é suficiente”, completa.

Um bom tratamento começa com um bom diagnóstico, que identifique o tipo de halitose e as alterações que estão gerando o mau hálito. Não adianta querer estimular a produção salivar se o profissional não entende por que o paciente está tendo déficit. É um tratamento completamente relacionado a descobrir as causas que levam ao problema.


Dicas para amenizar o mau hálito

Alguns hábitos podem ajudar a controlar o possível odor desagradável. Beber muita água, ter uma alimentação fibrosa e que exija bastante mastigação (que é o estímulo mecânico para a produção de saliva), manter hábitos adequados de higiene bucal e ter cuidado com os horários e escolha da alimentação são alguns deles.


Dica: carregue sempre na bolsa um kit de higiene com escova, fio e creme dental, uma garrafinha de água e saquinhos com frutas secas, que são bons para evitar longos períodos de jejum e exercitar as glândulas salivares através da mastigação.

Fonte: Bolsa de Mulher

Odontopediatria e o reforço positivo

Hoje foi dia de ir à compra de presentinhos para meus pequenos pacientes.
Adoro!!!!
E eles então??? 
Amam ganhar um mimo no final da consulta, por bom comportamento.
Lembro-me de professores que eram contra esse tipo de agrado, como se fossemos "subornar" a criança.
Não concordo mesmo! 
O reforço positivo através de um presente e de palavras positivas de estímulo, são extremamente válidos.
Não sou odontopediatra, mas como clínica geral, atendo muitas crianças no meu consultório.
Tenho um feed back muito interessante com essa atitude.
Eles passam a vir ao consultório mais confiantes e seguros.
A relação dentista/paciente é condição importante e eficaz para o sucesso do tratamento odontológico.
A criança coopera durante a consulta esperando o momento final de poder escolher seu presente!

Eles vencem o "medo" do tratamento, recebendo assim o troféu simbólico da vitória.

A odontologia, hoje, não pode ser considerada punição ou sofrimento como algumas décadas atrás.
Adultos e crianças gostam de ser bem cuidados, desfrutar de um ambiente agradável, alegre e que inspire saúde, calma e segurança.
Ir ao dentista tem que ser prazeroso, mesmo que incomode um pouquinho...
Meus pacientes chegam ao final do tratamento felizes com o resultado técnico e muito mais com o atendimento humanizado que reflete o meu amor pela odontologia!
Vejam que fofuras comprei para minhas crianças:





Feliz!

"Uma dentista que faz os procedimentos com qualidade e competência dignifica a profissão. Foi ótimo ter Deus a guiar-me até você neste ano. Recomendo à tod@s o seu consultório. Que Deus conceda à você e sua família um natal maravilhoso e um ano novo esplêndido. Fraterno abraço Maria Luiza Pereira!"
Vitória Régia Izaú.



Clareamento a Laser e Faceta Estética


Caso muito interessante!

Paciente ainda anestesiada, reparem o sorriso final torto....rs
A vontade de ver a foto final é demais, não deu para esperar...mas em outra consulta vou fotografar o sorriso "sem anestesia" :)

Paciente tinha o incisivo lateral girovertido, mesializado, enfim, torto, ou como dizem...encavalado.
Optou pelo tratamento protético e não pela correção ortodôntica (aparelho fixo).
Fizemos clareamento a laser e caseiro ( técnica combinada é show) da cor A3, A3,5 ela foi para cor A1.
Depois de estabilizada a cor, confeccionamos em laboratório a faceta do 12 (incisivo lateral sup direito) procurando "copiar" a anatomia do 22 (esquerdo). A idéia era uma estética bem natural, fugindo da ditadura do "certinho".
Resultado final agradou a todos, principalmente a paciente!

Muito obrigada à TPD Graziela Rodrigues que mais uma vez brilhou!!

Podemos conquistar um sorriso bonito, natural, sem ficarmos presos as idéias pré concebidas de uma estética " perfeita"!

Ausências e Atrasos de Pacientes....Papo Sério


No consultório, criamos o hábito de confimar todas consultas com antecedência de 24 hs, no mínimo, por SMS, Whats, telefonemas... 
Não fica um paciente sem confirmação.
Isso diminuiu muuuuuito as ausências ("bolos")!!
Quando a desmarcação é feita com antecedência de algumas horas, podemos remanejar a agenda e marcar outro paciente que está em espera para ser atendido.
Uma consulta não desmarcada ou desmarcada em cima da hora, prejudica o profissional, outra pessoa que precisa de ser atendida e atrasa o tratamento do próprio paciente, podendo gerar, a curto prazo, consequências danosas na evolução de suas condições odontológicas.
Poucos pacientes insistem em desmarcar 10' antes da consulta.... 
Acredito que eles ignoram como isso atrapalha nossa agenda e nos prejudica financeiramente!
É o velho hábito brasileiro de faltar ou chegar atrasado!!!
ACHO ISSO A MAIOR FALTA DE RESPEITO COM OS PROFISSIONAIS!!
A recíproca é verdadeira!
Atendo no horário marcado e em 25 anos de profissão, nunca deixei de comparecer ao meu consultório em horários agendados!
RESPEITO MUITO MEUS PACIENTES!
Fica aqui registrado meu desabafo!
As pessoas devem tratar as outras como gostam de ser tratadas!
Princípio ético e base do cristianismo!

Calculadora mostra o impacto das ausências de pacientes no faturamento de profissionais da saúde.
Saiba mais AQUI.

Sem mais.

Higiene Bucal

A higiene bucal é a prática de manter os dentes e gengivas limpos e saudáveis para evitar problemas dentários como tártaro, gengivite, periodontite, cárie e outras doenças. 
Além disso, deixa você com um hálito puro e sorriso bonito todos os dias! 

Fonte: FGM

AMÁLGAMA X RESINA

AMÁLGAMA X RESINA
Aprovada a PL-654/2015, do deputado Luiz Nishimori.
Dispõe sobre a proibição do uso de amálgama dentária, composta por mercúrio, para restauração dentária.
A proibição objetiva proteger a saúde dos profissionais da área odontológica, pacientes e meio ambiente, por conta do mercúrio na sua composição.

Polêmico esse assunto! 
Amálgamas ou resinas???
Tenho 25 anos de odonto e fiz muuuuuitos amálgamas na primeira década.
Não tínhamos resinas de qualidade (nanohíbridas, nanoparticuladas) para dentes posteriores (os dentes da mastigação, pré molares e molares).
Tem 15 anos que não trabalho com amálgama.

Deixo registrada a opinião de dois colegas sobre o assunto:

Amálgama cumpriu sua etapa na história da profissão
A proibição do amálgama era uma questão de tempo, pois as recomendacões e normas de controle ambiental, insalubridade e vigilância sanitária não contemplavam mais a co-existência com o manuseio e descarte do mercúrio ali contido. Apesar de ser um material de enormes serviços prestados à odontologia durante sua existência como a melhor e mais durável opção para restauro direto de dentes,  especialmente quando a odontologia adesiva não dispunha do status atual, estou certo de que ele cumpriu sua etapa na história da profissão. Como, durante anos, ainda veremos o descarte de restauros e fragmentos de amálgama de restauros antigos desse material, é importante não esquecer da recomendação de descarte seletivo das sobras do material removido da boca dos pacientes, bem como da orientação aos que dele ainda dispõem na sua boca, sobre os cuidados necessários, em caso de problemas.
Dr. Rodrigo G Bueno de Moraes
Cirurgião-dentista.  
Mestre em odontologia pela Universidade Paulista Unip), consultor técnico da ABCD para temas de mídia e membro da Câmara Técnica de Periodontia do CRO-SP

Adeus amálgama, obrigado por tudo. 
Foi bom enquanto durou
O uso de amálgama na odontologia sofreu nos últimos anos graves restrições. Não pelas suas características como material restaurador mas sim pelos efeitos que causa ao meio ambiente. Em países escandinavos  há muito tempo o amálgama foi condenado por conta dos vapores exalados quando da cremação de cadáveres.
No Brasil, agora em pleno século XXI,  esta discussão chegou e, é claro, trazendo muita polêmica. Nem se fale no fato de que na maioria dos consultórios odontológicos não se fazem restaurações de amálgama de prata pelo simples fato de que os pacientes preferem uma restauração estética feita com a malfadada resina acrílica.
Quem defende e apoia o fim das restaurações de amálgama é acusado de fazer parte do lobby da indústria de resinas, de ser  elitista, enfim de ser contra o bem-estar da população por conta de interesses inconfessáveis.
A realidade, ao meu ver, é um tanto simplista: considerando que existem políticas mundiais que restringem o uso de mercúrio nada mais lógico do que substituir o amálgama de prata por resinas.
Isto me faz lembrar os antigos anos de 1980 quando endodontistas questionavam o uso de luvas pelo fato das mesmas tirarem a sensibilidade táctil.
O progresso chega e aqueles que se apegam ao passado acabam sendo atropelados e desacreditados pelos fatos agora devidamente comprovados e certificados.
Adeus amálgama, obrigado por tudo, foi bom enquanto durou mas como se diz hoje em dia: a fila anda....
Dr. Rui Andrade Dammenhain
Cirurgião-dentista, formado pela Faculdade de Odontologia Camilo Castelo Branco.
Especialista em Vigilância Sanitária e diretor presidente da Instituto Brasileiro de Auditoria em Vigilância Sanitária
Fonte: http://www.jornaldosite.com.br/materias/saude/anteriores/edicao214/saudeagosto2015-8.htm